Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Monte Mor / SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Monte Mor / SP
Acompanhe-nos:
Rede Social YouTube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
06
06 JUL 2022
EDUCAÇÃO
Escolas municipais de Monte Mor utilizam Projeto Hora do Saber, como ferramenta para otimizar a aprendizagem dos alunos
enviar para um amigo
receba notícias

Secretaria de Educação, Cultura e Turismo de Monte Mor, traz oportunidade de avanço nas salas de aulas do município com o Projeto Hora do Saber.

Idealizado pela equipe multiprofissional da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo de Monte Mor (SMECT), o Projeto Hora do Saber, está sendo desenvolvido desde fevereiro deste ano em todas as turmas do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental Regular e da Educação de Jovens e Adultos - EJA. A ação foi proposta para minimizar as defasagens de aprendizagem dos alunos após o período de suspensão das aulas presenciais, provocado pela pandemia.


No total, 5.801 alunos da rede municipal estão sendo beneficiados pelo projeto, sendo 2.553 dos Anos Iniciais, 3.046 dos Anos Finais e 202 alunos da Educação de Jovens e Adultos - EJA. Para tanto, foram contratados 25 Professores de Educação Básica I e 19 professores de Educação Básica II (Língua Portuguesa e Matemática), além da ampliação de jornada para os professores efetivos.


Projeto de intervenção e compensação curricular promove avanços significativos na rede municipal de educação de Monte Mor, ao disponibilizar atendimento direcionado às necessidades dos alunos através da atuação de dois professores em sala de aula.


Para os alunos dos anos iniciais (do 3º ao 5º ano), são cinco aulas por semana direcionadas à compensação curricular e a superação das dificuldades. Nestas aulas, dois professores atuam de modo concomitante, desenvolvendo estratégias diferenciadas que possam atender às diferentes necessidades do aluno.


A presença de dois profissionais na sala de aula e o planejamento antecipado das ações pedagógicas lúdicas e concretas têm sido fundamentais para promover avanços nas habilidades esperadas para o ano/série, sem desconsiderar as lacunas deixadas pelo período de pandemia.


Para os alunos dos anos finais (6º ano 9º ano), são duas aulas de Língua Portuguesa e duas de Matemática por semana. Nestas aulas, o foco é a resolução de exercícios e as práticas de leitura e escrita, priorizando as estratégias que levem o aluno a ser protagonista no processo de ensino e aprendizagem.


Para auxiliar as escolas no processo de identificação das necessidades dos alunos, o ano letivo foi iniciado com a aplicação de uma Avaliação Diagnóstica elaborada pela equipe pedagógica da Secretaria Municipal de Educação e, posteriormente, analisada junto à equipe gestora das unidades de ensino. Tal avaliação permitiu mapear as turmas e subsidiar ações pedagógicas pontuais. Ainda no bojo das ações que visam garantir a efetividade do projeto, a equipe pedagógica tem oportunizado formação continuada tanto para os professores do projeto quanto para os professores de turma.


Segundo a secretária de Educação, Cultura e Turismo de Monte Mor, Sandra Bruzon, sabemos que os alunos da rede municipal responderam de modo muito diferente ao período de aulas remotas. Tivemos alunos que participaram de lives diariamente e acompanharam todas as atividades propostas, enquanto outros não dispunham dos recursos tecnológicos necessários para acompanhar plenamente as atividades escolares. Deste modo, quando esses alunos retornam efetivamente à sala de aula, temos habilidades muito diferentes e precisamos criar estratégias para lidar com elas. Promover os avanços necessários, respeitar o direito de aprendizagem do aluno e, sobretudo, não deixar ninguém para trás. Este é o cerne do projeto Hora do Saber, disse a secretária.

Para a Coordenadora Katiany, da E.M. San Remo, o projeto tem sido fundamental com relação à superação das dificuldades. O Projeto Hora do Saber auxilia o aluno a compreender melhor o conteúdo proposto, contribui também na reflexão e na aprendizagem para a aquisição das habilidades necessárias e importantes para o progresso do educando.

Para o Coordenador Guerino Pechoto, da E.M. Leopoldo Paviotti, o projeto é também uma forma de valorização do aluno. Eu sinto um grande compromisso, dedicação e uma busca incessante para que o educando evolua, fora a relação de respeito e a liberdade para trocas de experiências entre os professores envolvidos, isso fez a diferença. Sinto também uma evolução muito expressiva nas produções textuais dos alunos, eles gostam das atividades e se sentem valorizados.

Após dois bimestres de desenvolvimento do Projeto Hora do Saber, a SMECT está com uma pesquisa de satisfação em andamento, para, através dela, ampliar o diálogo junto aos professores e coordenadores, viabilizando que os aspectos positivos e negativos do projeto sejam identificados, tabulados e compreendidos, no intuito de ampliar as ações positivas e eliminar as dificuldades, sempre tendo em vista o princípio da equidade na rede municipal. De modo geral, os coordenadores pedagógicos das Unidades Escolares têm destacado a importância e a efetividade do projeto.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia