Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Monte Mor / SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Monte Mor / SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social YouTube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
07
07 JUL 2021
MEIO AMBIENTE E LIMPEZA PÚBLICA
Descartes irregulares e ampliação da conscientização pautam entrevista do Secretário de Meio Ambiente na Rádio Prima
PROCESSANDO ÁUDIO
Bruno Ross Matheus também falou sobre novos projetos voltados às questões ambientais a serem viabilizados.

O secretário de Meio Ambiente e Agricultura, Bruno Henrique Ross Matheus, participou nesta quarta-feira, dia 7, do programa Show da Cidade, na Rádio e TV Prima FM, com apresentação de Eduardo Rage. Os frequentes descartes irregulares de materiais inservíveis na cidade e a necessidade de ampliação da conscientização da população para que não pratique este tipo de ação pautaram grande parte da entrevista. 

O responsável pela pasta falou também sobre novos projetos voltados às questões ambientais e que serão viabilizados pelo governo do prefeito Edivaldo Brischi (PTB). Entre eles, a criação no município de três Ecopontos, em locais ainda a serem definidos e divulgados, para o depósito de materiais em pequenos volumes, assim como o desenvolvimento de projetos de conscientização sobre a importância da reciclagem e coleta seletiva em Monte Mor.

A entrevista da rádio também foi transmitida pelo Facebook da Rádio Prima e houve a participação ao vivo de ouvintes e internautas, com perguntas que foram respondidas pelo secretário. 

FISCALIZAÇÃO E DENÚNCIAS

De acordo com secretário de Meio Ambiente uma de suas primeiras ações, desde que assumiu a pasta, foi ampliar a fiscalização e incentivar as denúncias referentes a despejo irregular de materiais inservíveis, o que, inclusive, fere a Lei nº 1.412 de 21 de setembro de 2009, que proíbe jogar lixo e entulhos em áreas específicas de Monte Mor. Ele destacou que os infratores, pessoas físicas ou jurídicas, que desrespeitarem o disposto no artigo 1º da referida lei serão penalizados com multa de 30 (trinta) VR (Valor de Referência - R$ 61.13, nesta segunda-feira, dia 10), ou seja, R$ 1.833,90, sendo que a mesma deverá ser lavrada por fiscal. Na reincidência da infração a multa terá um acréscimo de 100%. “Ainda se o descarte irregular ocorrer em APP (Área de Proteção Permanente) será considerado crime ambiental com aplicação de punições mais rigorosas de acordo com a Lei Estadual”, reforçou. 

Ross Matheus ressaltou ainda que o descarte de inservíveis pode pode contribuir para a formação dos chamados criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika. “Em meio ao cenário de pandemia da COVID-19, muitas cidades em todo o país, assim como ocorre em Monte Mor, estão enfrentando também esta outra ameaça, com o antigo inimigo sempre à espreita. Assim, é necessário que a população seja consciente e evite esta prática irregular”, enfatizou.

O responsável pela pasta informou que a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura pode ser acionada pelo telefone (19) 3889-1455 e também pelo número de WhatsApp para o registro de denúncias (19) 9.7413-3753. Ele comentou que o mesmo número pode ser utilizado também para que a Secretaria atenda as solicitações de coletas de material de poda vegetal e de materiais residenciais sem uso e de grande volume, como colchões, sofás e armários. 

“É importante destacar que as denúncias, mato alto, descarte irregular de lixo e invasão de áreas públicas, devem vir acompanhadas de endereço e foto da irregularidade. Já as solicitações de retiradas devem estar acompanhadas de nome, endereço, tipo do material e foto e se possível a placa do veículo utilizada para o transporte dos materiais”, detalhou Ross Matheus.

ECOPONTO

Durante a entrevista o secretário de Meio Ambiente e Agricultura relatou sobre o sucesso da passagem por Monte Mor do Ecoponto Móvel. Ele inclusive, anunciou em primeira mão, que tratativas estão sendo feitas para que a moderna ferramenta de educação ambiental para crianças, jovens e adultos, volte a ser instalada no município. 

No mês de junho, o contêiner interativo foi aberto por dois dias para visitação gratuita e divulgação de várias informações sobre reciclagem e conceitos ambientais e sustentáveis. Foi uma ação bastante positiva e marcou na cidade o Dia Nacional da Educação Ambiental, dia 3 de junho, e o Dia Mundial do Meio Ambiente, dia 5 de junho. Ele foi enviado pela empresa Corpus, que já presta serviço para o município com o recebimento dos resíduos da coleta domiciliar.

Segundo Ross Matheus a ação realizada já teve como objetivo ampliar a  conscientização dos munícipes e fez parte da idealização de futuros projetos do governo do prefeito Edivaldo Brischi na área de meio ambiente e de educação ambiental.

UNIDADE DE RECOLHIMENTO DE EMBALAGENS DE AGROTÓXICOS

Outro assunto ressaltado pelo secretário de Meio Ambiente e Agricultura na Rádio e TV Prima foi a implantação no município a Unidade de Recebimento de Embalagens de Agrotóxicos, seguindo as orientações da Adiaesp (Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas do Estado de São Paulo), que estão disponibilizadas no folheto explicativo por meio do link, https://drive.google.com/file/d/0B7g0xRNuZ3pGczA5ZG8tR0JPVlE/view.

O recolhimento, que foi iniciado no dia 17 de maio e ocorre na própria sede da Secretaria de Meio Ambiente, localizada na Rua Vinte e Quatro de Março, 85, no Centro, entre as 8 e 17 horas. As embalagens são acondicionadas em containers. 

O objetivo principal para a destinação final correta de embalagens vazias de agrotóxicos é reduzir o risco de saúde das pessoas e de contaminação do meio ambiente. Como a maioria das embalagens é lavável, é fundamental a prática da lavagem para a devolução e destinação correta.  

“É importante destacar que as embalagens somente serão recolhidas se estiverem acompanhadas de Nota Fiscal de Compra e devem terem passado por tríplice lavagem”, informou Ross Matheus

ESTIAGEM

Para fechar a entrevista o secretário de Meio Ambiente e Agricultura chamou a atenção para o período de estiagem que estamos vivendo e de uma possível crise hídrica em todo o Estado de São Paulo. Ele sugeriu o uso consciente de água e de energia na cidade.
Seta
Versão do Sistema: 3.1.6 - 03/11/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia